• LIBERDADE

    Para mim é impossível ser feliz sem liberdade. Sem poder ir e vir, sem ter "asas" para os meus sonhos, os meus projetos, até para os meus devaneios.
    Ficar prostrada, se sentir vigiada, isso é o fim ! É como se eu fosse uma boneca de cordas, uma marionete sem vida, apenas esperando alguém lhe manipular para ter uma espécie de sobrevida, uma vida em suspenso, literalmente.
    Todos nós temos a nossa parcela de "aprisionamento". Queremos o ser amado só para nós, não queremos dividir aquilo que nos é caro ao coração, por medo e insegurança, já que o bater das asas pode significar um adeus. Mas eu sou da opinião de que aquilo que cativamos sempre volta. O lugar que apreciamos sempre é um bom retorno de viagem, é aquele que acolhe, é aquele onde queremos ficar. Se foi embora é porque não era bom, não fazia mais sentido, não havia mais sintonia.
    Liberdade também é sentir o vento no rosto, coração batendo forte, ter brilho nos olhos e calor nas mãos. É sentir medo, dúvida, incerteza, é poder chorar quando der vontade e se calar quando não houver mais o que ser dito. É também rir até cansar, se jogar no sofá, cantar uma música que nem se sabe a letra direito, é querer ficar sozinho de vez em quando, e também querer todo mundo por perto uma vez ou outra.
    Não temos liberdade o dia inteiro, claro, mas  temos parcelas de liberdade. É o trabalho que nos controla, as pessoas ao nosso lado na fila, o almoço de negócios, a prova na faculdade. A mãe, o namorado, a noiva, os filhos, o patrão, a esposa, o vizinho .... Controladores da liberdade....
    Mas eu peço que nunca me falte que seja meia hora de liberdade por dia, com aquilo que me der vontade de fazer, sem restrições, opiniões, castrações. E que eu possa ser eu mesma, de bem comigo.

    Mas onde se deve procurar a liberdade é nos sentimentos. Esses é que são a essência viva da alma. (Johann Goethe)

2 comentários:

  1. Patricia disse...

    lindo texto amiga, neste momento eu queria ser uma águia e voar bem alto p minha liberdade rsss...bjinhO!!!

  2. Sonia disse...

    Como sempre, seus textos são maravilhosos!
    Bjs.

Postar um comentário